O que é Sublimação digital

2.212 Gostei » 30 de outubro de 2014 »

Fala artistas beleza, meu nome é Jean Carlos e hoje vou postar uma conteúdo que dentro da família da personalização pode ser considerado um primo próximo da serigrafia, quer dizer uma prima. Estou falando da Sublimação!

Técnica tão popular hoje em 2020 e em crescente no mercado devido a vários fatores dentre eles Pessoas querendo ter um Renda Extra, Ganhar dinheiro, Ter seu próprio negócio e isto tem trazidos muitos

interessados em conhecer a fundo, porem também tem trazido somente marinheiros de primeira viagem que não querem ir longe, e sim só entrar o navio para tirar uma foto, bom sem mais delongas vamos ao nosso conteúdo sobre o que é sublimação.

Nesta Postagem vamos aprender sobre alguns assuntos bem interessantes como:

sublimacao

O que é Sublimação?

Na verdade temos nosso contato com o termo sublimação na escola primária, mais propriamente na 2ª ou 3ª Série, talvez você lembre disso ou talvez não, mais lembrando ou não a explicação cientifica é que:

A sublimação é a mudança do estado sólido para o estado gasoso, sem passar pelo estado líquido

Este processo também pode ser chamada de ressublimação. O ponto de sublimação, assim como o ponto de ebulição e o ponto de fusão, é definido como o ponto no qual a pressão de vapor do sólido se iguala a pressão aplicada. Sublimação também pode ser a passagem direta do estado gasoso para o estado sólido.

Como podemos ver a na imagem acima, o produto estando no estado sólido sublima para o estado gasoso sem derreter, como no exemplo da mesma figura o gelo quando sai aquela fumaça esta sublimando.

O que é sublimação digital?

O Processo de sublimação onde é utilizado máquinas (Prensas térmicas), Tecido especifico, Tinta Sublimática, Papel Sublimático é o que também pode ser conhecido como sublimação digital que consistem em.

O processo que consiste na transferência da imagem impressa no papel para outra superfície ou substrato. Ao contrário das tintas convencionais, a tinta sublimática sob pressão e calor é convertida diretamente do estado sólido para gás, resultado da junção das fibras sintéticas, como as de poliéster. Após resfriarem-se, as moléculas de tinta revertem-se para o estado sólido e tornam-se permanentes na superfície do poliéster. A mesma técnica pode ser aplicada em porcelanas (fabricadas com resina de poliéster) e alumínio tratado (com poliéster).

Abaixo vou mostrar um passo a passo de como acontece o processo de sublimação digital nos produtos que são personalizados, produtos este que podem ser, camisetas, chinelos, canecas, copos, mdf, azulejo e muito mais.

1º PASSO

No passo um temos o papel sublimático que é um papel tratado, que recebe uma tinta especifica para sublimação mais conhecida como tinta sublimática, e abaixo temos um tecido sintético, um exemplo de tecido sintético é a malha pp ou 100% poliester.

fig1(1)

2º PASSO

No passo 2 temos os mesmos itens do passo 1 porem é exercido uma pressão junto com calor sobre o papel que estará em contato com o material, e quando isto ocorre dentro do tempo correto, a tinta vira um gás e transfere para o produto que é próprio para isto e o mesmo é tingido

fig2(1)

3º PASSO

No passo 3 é possível ver que o papel já foi retirado do tecido e o mesmo agora se encontra tingido, e a tinta que estava ancorada sobre o papel agora não está mais.

fig3(1)

A transferência de sublimação acontece pela impressão de imagens em impressoras jato de tinta a partir da tinta sublimática no papel sublimático.

Imagens sublimadas são laváveis, resistentes a arranhões e permanecem fixas mesmo quando colocadas em máquinas de lavar.

Além da personalização de artigos esportivos, como roupas e uniformes em geral, a sublimação também poder ser aplicada em inúmeros objetos como:

A Técnica que chamamos de sublimação possibilita a personalização de inúmeros produtos  porem como toda técnica temos vantagens e desvantagens da sua utilização.

Dentre suas principais vantagens, temos 2 principais que são:

  1. Praticidade: você pode montar um negócio de sublimação em praticamente qualquer lugar sem muito esforço, espaço, sujeira e etc.
  2. Fidelidade de Cores: A impressão de cores se mantem muito fiel a  arte criada no seu programa de edição, pode-se dizer que dentre tantas técnicas é uma das que mantem a impressão no produto mais fiel.

Mas como toda técnica também tem seus pontos de desvantagem:

  1. Bases brancas ou claras: os produtos que são utilizados para fazer sublimação tem a necessidade de ter uma base clara ou seja tons pasteis como branco, bege, prata, cinza. Cores como rosa bebê, azul bebê e outras coloridas mesmo sendo claras recebem artes somente escuras.
  2. Base sintética: Os produtos que são personalizados precisam de uma base de poliéster seja em resina ou em tecido.

Sublimação Como funciona Passo a passo?

1º passo – O desenho da arte, que pode ser feito em programa de ilustração (Corel, Photoshop,Illustrator, etc…). Também podem ser usadas imagens escaneadas ou fotografias digitais passadas diretamente para o computador;

2º passo – Imprime-se a arte em impressora jato de tinta de sistema Bulk Ink, com tinta sublimática no papel sublimático;

3º passo – Após impressa, a arte é transferida para o material seja camiseta, caneca, chinelo, azulejo  e etc através de uma prensa térmica (pneumática ou manual) em média a  temperatura é de 200ºC;

Hoje no mercado temos uma grande tendencia de Foto produtos nome dado aos produtos personalizados na sublimação, estes itens atendem uma grande demanda para diversos tipos de eventos, datas, promocionais e etc.

Devido a este novo mercado grandes empresas de diversos nichos diferentes tem agregado valor aos seus produtos com este processo de personalização, hoje pode ser visto em empresas como gráficas, copiadoras, fotografias, supermercados e etc.

História da Sublimação

O processo de impressão por sublimação foi descoberto em 1957 por Noël de Plasse, que trabalhava numa empresa francesa chamada Lainière de Roubaix.

Ele descobriu que alguns corantes poderiam passar do estado líquido para o gasoso sem passar pelo estado sólido se submetidos a temperaturas próximas dos 190C. Essa passagem foi chamada de Sublimação e é a base do processo da então iniciante impressão via transferência ( transfer ) por sublimação, que também ficou conhecida como impressão a seco.

A tecnologia da impressão via sublimação ficou mais popular no final dos anos 60 e início dos anos 70. O início da era da “computação moderna”, quando as impressoras matriciais era a tecnologia predominante. Nessa época algumas fitas especiais eram “impregnadas” com algumas partículas sublimáveis para criar as termo transferências monocromáticas.

sublimacaoO primeiro computador “integrado” com uma impressora “sublimática” foi desenvolvido nos meados dos anos 70 por Wes Hoekstra como uma aplicação do seu trabalho de processamento de imagens no laboratótio Jet Propulsion na Pasadena ( California, EUA ). We Hoekstra foi então considerado o “pai” da sublimação como processo de impressão digital. ( via computador ). Seu trabalho deu início ao desenvolvimento de um outro projeto chamado sublimação eletrostática no início dos anos 80.

Inicialmente a impressão eletrostática só seria viável se aplicado para produzir uma grande quantidade de impressões, devido ao seu alto custo de preparação e equipamentos. Mas mesmo assim este tipo de impressão, foi se tornando cada vez mais utilizada e com o tempo passou a ser mais acessível ( mais barata ).

Diante dessa nova forma de impressão, começaram a fazer cilindros ( cartuchos ) de toners com tintas sublimáticas dentro. E então começaram a surgir algumas impressoras a laser capazes de imprimir com tintas sublimáticas. Porém apenas com uma cor, ou poucas cores. Com o tempo foram surgindo novas impressoras lasers capazes de produzir imagens transferíveis eletrostaticamente coloridas.

Com o surgimento das impressora a jato de tinta, no início dos anos 90. As tintas sublimáticas foram reformuladas para serem utilizadas nos diversos modelos de impressoras jato de tinta de mesa. Torando possível para qualquer um, fazer a transferência das imagens via sublimação sem ter que gastar muito com equipamentos, até então, muitos caros.

Utilizando de uma impressora de mesa, relativamente barata, um computador e uma prensa térmica, qualquer indivíduo, poderia produzir transfers coloridos, de alta resolução, com um custo bem reduzido e bem facilmente.

Conclusão

Podemos concluir que segundo esta tendencia de mercado e a crescente popularização dos processos de personalização principalmente em blogs, e Redes Sociais como  instagram, Youtube, Grupos de Facebook e Whats app este aumento ainda está em ascendência, não alcançando ainda seu pico. Fato que é bom pois ainda se tem muito espaço para pequenos e médios começarem a trabalhar neste área.

Uma observação a ser feita é que para a permanência no mercado da sublimação se dará mediante ao nível de conhecimento da técnica a a diferenciação da empresa no processo criativo, uma vez que o processo produtivo é repetitivo.

FONTES

Valejet, Wikipedia, Portal Sublimático, Sublimáticos, JcaCamisetas